Homem

Podolatria: Desconstruindo o tabu do fetiche por pés

Escrito por LoveCenter
Compartilhar

Olá meus amores! O assunto hoje é sobre algo que é bem estranho pra maioria de nós mulheres, mas que, depois de muita pesquisa descobri que pode ser uma baita experiência; Podolatria!

Compartilhar
Compartilhar

Tudo começou com a sugestão de um leitor sobre o tema. Confesso que sempre odiei meu pé e não conseguia entender como alguém pode ter fetiche por uma parte tão feia do nosso corpo?! Resolvi desconstruir essa visão ruim do nosso pé e trazer o lado dos nossos MUITOS amigos podolatras que também sofrem com algumas mulheres por serem mal compreendidos, afinal, temos que parar com isso de que homens com fetiche são tarados. Vai dizer que você não tem fetiche? E por um acaso você passa o dia todo feito uma tarada atras do seu? ESPERO QUE NÃO.

Acredito que a primeira coisa que devemos visualizar é que uma pessoa que tem fetiche por pé não vai sair agarrando seu pé, e muito menos vai querer ele se ele for horrível. Então esse nojinho todo nem tem cabimento, porque em sua maioria, o fetiche são por pés bonitos, bem dizer, de Cinderela.

Outra coisa que é bem importante você saber, é que a podolatria é um dos maiores fetiches em relação a partes do corpo, perdendo apenas para partes intimas (sexuais) claro hehe ou seja, seu boy provavelmente tem algum fetiche relacionado a podolatria e você nem sabe!

Para entender melhor, conversei com 3 homens, casualmente com tipos de fetiche diferente mas todos dentro da podolatria, na qual vou passar pra vocês.

Atração por pés:

“A delicadeza dos pés deve ser um fator comum entre os podólatras, em maneira geral devem achar os pés bonitos, fofos e a prática com eles variam de cada um. Acho impossível definir podolatria como algo apenas romântico, com certeza tem podolatra (dos dois gêneros, sim existe mulheres podólatras) que podem ver os pés com um teor mais sexual, parece estranho mas podolatria é um ramo muito grande e tem de tudo. E é difícil de entender tudo isso, no meu caso eu vejo os pés com uma atenção a mais, alguns são bonitos e admiro isso assim como alguma parte do corpo que outra pessoa pode admirar.” – Eduardo Araujo, 20 anos

Eu confesso que tenho uma atração forte por boca, é uma das primeiras coisas que reparo em um homem, incluindo o sorriso. Muitas amigas minhas sentem a mesma atração por mãos. Cada um tem a sua e os podolatras tem desse mesmo modo por pés. Nesse mesmo nivel, sem piração.
Nesse caso, é algo mais básico. Ao conhecer alguém interessante, repara nos pés, se os pés não tem uma aparencia muito bacana, pode ou não perder o interesse.

Slave – Escravo

“Podolatria não é somente gostar de pés e sim ficar aos pés de uma rainha e adorar já que quase sempre apenas isso o submisso terá da dominadora; os pés. E tem que ficar feliz e agradecido por ter a honra de estar aos pés de uma rainha” – Augusto

Esse tipo de Podolatra consiste em um submisso ser escravo de uma rainha, no qual ela pode mandar faze-lo qualquer coisa! Antes de iniciar, é combinado uma palavra de segurança, pra caso de exagero, o submisso possa usar em sinal de que não lhe agrada.

“Pra mim é um prazer ver uma mulher de lingerie pisando em mim e se divertindo, me dar uns tapas e me xingar. Isso é prazer! Prazer não é somente sexo, penetração, etc…claro se conciliar tudo isso ótimo” – Explica, Augusto.
Nesse caso há variações entre seus submissos, entrando já na parte sadomasoquista, uma das praticas comum entre eles é o Trampling, um fetiche que consiste na excitação de um indivíduo ser pisado por uma ou mais pessoas, sendo mais comum uma mulher pisando num homem, descalça ou com salto alto… pode-se pisar em todo o corpo, inclusive nas bolas e etc… A verdade é que todos querem estar aos pés de sua rainha! E como disse o nosso próximo estrevistado “E que mulher não quer um homem aos seus pés?”

Podolatra de raiz:

Sem nomeclatura bonita, há na podolatria quem chegue ao seu maximo de prazer apenas com o uso dos pés! É uma satisfação enorme poder beijar, chupar, lamber, elogiar, acariciar os pés, com um imagem mais romantica!

Entrevistei o dono do user @podolatrams no twitter, Maycon que se descobriu podolatra aos 12 anos. Questionei sobre esse descobrimento ter partido de algum acontecimento da infancia já que é essa tese que alguns cientistas acreditam ter como explicação por esse fetiche, mas ele garante que não! Sigmund Freud afirmava que as pessoas sexualizam os pés porque eles se assemelham a um pênis. Outra versão explica que a área do cérebro ocupada pelos órgão genitais é muito próxima da área que está relacionada com os pés mas nada comprovado! No caso do Maycon, tudo começou quando passou a admirar os pés da professora e se viu pedindo foto dos pés para uma pessoa mais próxima e essa pessoa disse que não seria uma boa ideia. Ele então reprimiu por um tempo o fetiche, até descobrir outras pessoas com o mesmo desejo mas confessa que uma namorada chegou a terminar tudo quando ele a beijou nos pés. “É a maior demonstração de amor possível” disse o rapaz se referindo aos beijos nos pés da parceira.

Pra entender melhor, montei um dicionário com alguns fetiches relacionados a pés!

Footjob: Masturbação com os pés, podendo chegar ao orgasmos completo sem precisar de penetração. Serve para ambos os sexos, há meias e aneis que ajudam na estimulação.

Crushing: fetiche por esmagar algo como comidas, bebidas, insetos, objetos, ou até orgão genital com os pés.

Retifismo: Fetiche em salto alto. Sentem prazer em tocar a parceira enquanto ela esta calçada com o salto, na maioria dos casos gostam de ser pisados.

Nasofilia: Pessoas que sentem tesão por cheiros… entra na podolatria quem gosta de sentir o mal odor (chulé) dos pés. SIM, EXISTE.

Giantess: associado a podolatria consiste num fetiche imaginário, uma fantasia, o ato de submeter ou ser submetido à vontade, desejo e capricho de outra e ser dominado (ou dominar) de maneira incondicional, já que a incompatibilidade de forças e tamanhos, torna o pequenino indefeso. Esta mesma incompatibilidade quando ligada a podolatria normalmente trás uma giganta malvada e terrível, sem nenhum escrúpulo ou medo de julgamento relacionados a integridade alheia normalmente culminando em adoração aos pés, torturas e esmagamento do próprio imaginante.

Ballbusting (Estoura, explode os testículos) Uma das várias formas do Cock and Ball Torture (Tortura do pênis e testículos) quando associado a podolatria, mulheres normalmente calçadas chutam, pisam e até pulam sobre o saco e escrotos do homem visando diversão e excitação.

QUANDO QUE ISSO NÃO É NORMAL?

“Fetiche por pés é algo mais comum do que parece, mas um americano de 50 anos passou dos limites. Ele foi detido na última segunda-feira depois de se aproximar de várias mulheres em lojas fazendo um pedido incomum: posso chupar seus dedos? O maníaco dos pés, Michael Robert Wyatt, já tinha sido autuado em 1990, pelo mesmo motivo. Da última vez ele até fingiu ser um podólogo, tudo para acariciar e chupar os dedos de uma mulher em uma loja de roupas.” – hypescience

Casos como esse são raros, mas acontecem e isso sim não é normal. Quando a pessoa passa a ter somente os pés como unica fonte de prazer é que mora o problema. Um exemplo de que o fetiche saiu do controle aconteceu com a atriz da globo Ellen Roche que conta no video abaixo:

Mas vale ressaltar que isso não é uma coisa saudável, e em caso como esse é recomendável procurar um terapeuta.

CONHEÇA ALGUNS PODOLATRAS FAMOSOS:

Franciely Freduzeski a atriz – que ficou famosa ao interpretar a dona Gegê, do bordão “Dá uma subidinha”, no “Zorra Total” 

Você acha que um cara que não cuide dos pés tem chance com você?
Deus me livre! Não tem a mínima chance. Pé pode até ser feio, mas tem que estar macio e com as unhas cortadas. Com chulé jamais! Existem vários métodos de se evitar isso. Se não faz é porque não se cuida. Para mim é que nem escovar os dentes. Tem que ser todo dia. Nossos pés são sagrados, nos levam, nos apoiam por todos os lugares. É nossa base.

Quando surgiu essa paixão pelos seus pés?
Por causa dos namorados que tive. Todos eram loucos por eles. Então comecei a reparar também.

Tem gente que acha fetiche nesse estilo bizarro. Você se incomoda?
As pessoas que entram no meu Instagram já sabem o que vão ver, então nem perdem tempo criticando. Eu acho que gosto é gosto e cada um tem o seu. Quando um homem fala que gosta de pés, ele quer dizer que tudo começa pelo pé, não que não sinta atração pelas outras partes. Sente sim. Mas o homem que gosta de pés, quer beijar uma mulher dos pés a cabeça. É isso. Nada vai ficar de lado por causa dos pés. Para mim, uma cruzada de pernas de uma mulher bem vestida, com uma sandália linda, mostrando os pés, é supersensual. Não é só o pé que está em jogo, e sim, todo o contexto. Conheço gente que diz: ‘Franciely, você sabia que eu não ligava para pés? Depois de ver você, suas publicações, agora não paro de reparar e não é que é sexy mesmo’. Morro de rir! Não tem nada de bizarro nisso. Bizarro é não se cuidar, não se amar e não fazer as vontades do seu parceiro. Claro que cada um respeitando suas vontades.

Franciely Freduzeski (Foto: Divulgação)

Juliana Masellido EGO, no Rio

 

VIDEOS QUE RECOMENDO SOBRE O ASSUNTO:

Amostra de como a podolatria pode ser romântica também:

Mariana Santos fala de sua experiência em uma festa de podolatria com fetiches.

Video explicativo:

Compartilhar

Sobre o autor

LoveCenter

Loja de acessórios adultos, 22 anos de mercado. Visite nossa webstore (www.lovecenter.com.br) ou uma de nossas unidades -
LOJA 1 Av. Presidente Tancredo Neves, 900 Ipiranga - São Paulo - SP CEP: 04287-010 Fone: (11) 2063-9299
LOJA 2 Av. dos Bandeirantes, 4969 Vila Olimpia - São Paulo - SP CEP: 04071-0111 Fone: (11) 2619-0807

Comente

Receba as Novidades

Compre pelo Celular