Curiosidade

Hugh Hefner, o verdadeiro Playboy

Escrito por LoveCenter
Compartilhar

Hugh Hefner foi uma daquelas pessoas que com suas convicções redefiniu padrões culturais de comportamento em diversos países. Começou a quebrar tabus, em uma sociedade conservadora de 1953, com Marilyn Monroena capa da primeira edição da Playboy. Um império editorial começava: milhões de exemplares vendidos mensalmente, mansões, festas, programas de televisões e coelhinhas.

Hefner, exuberante, não hesitou em deixar público seu estilo de vida hedonista. Ao longo dos anos, seu comportamento se tornou o próprio estilo Playboy. Associando a marca a um comportamento.

Para ele, a revista era um sinônimo de libertação sexual e de uma nova moralidade, como uma “revolução sexual americana”. Apesar de também, apoiar movimentos de liberdade de expressão e direitos civis, Hugh também carregou problemas na forma como tratava as mulheres.

Portanto, não é à toa que a sua personalidade, ou melhor, a sua marca, Playboy, no dia de seu falecimento foi posta com sua seguinte frase: “A vida é muito curta para viver o sonho de outra pessoa”, como um epitáfio. Assim como outras frases marcantes:

O verdadeiro Playboy

“Nós gostamos de misturar cocktails e um hors d’oeuvre ou dois, colocar uma pequena música de humor no fonógrafo e convidar uma conhecida para uma discussão silenciosa sobre Picasso, Nietzsche, jazz, sexo”.—Editorial da edição inaugural de 1953 da Playboy.

Playboy 1

“Grande parte da minha vida foi como um sonho adolescente de uma vida adulta. Se você ainda fosse um menino, quase como um de Peter Pan, e poderia ter apenas a vida perfeita que você queria ter, essa é a vida que eu inventei para mim”.—Hefner para o Los Angeles Times em 1992.

playboy 2

 

Eu acho que o próprio Hefner quer ir na história como uma pessoa de sofisticação e glamour. Mas a última pessoa que gostaria de ir na história como, é Hugh Hefner “.—A fundadora da revista Ms. Magazine, Gloria Steinem, que trabalhou como coelhinha em um clube Playboy na década de 1960.

 

playboy3

 

“Parte da razão pela qual eu sou o que eu sou é que minhas raízes puritanas correm nas minhas veias. Meus pais são puritanos. Meus parentes são proibicionistas. Não havia bebida na minha casa. Nenhuma discussão sobre sexo. E eu acho que vi o lado doloroso e hipócrita disso desde muito cedo. “-Hefner para a  AP em 2011.

 

 

“Tive uma despedida de solteiro por 30 anos. Por que eu preciso de uma agora? “-Hefner na véspera de seu casamento em 1989.

 

playboy7

 

Fonte: Pedro Bettamio – Testoterona

Compartilhar

Sobre o autor

LoveCenter

Loja de acessórios adultos, 22 anos de mercado. Visite nossa webstore (www.lovecenter.com.br) ou uma de nossas unidades -
LOJA 1 Av. Presidente Tancredo Neves, 900 Ipiranga - São Paulo - SP CEP: 04287-010 Fone: (11) 2063-9299
LOJA 2 Av. dos Bandeirantes, 4969 Vila Olimpia - São Paulo - SP CEP: 04071-0111 Fone: (11) 2619-0807

Comente

Receba as Novidades

Compre pelo Celular