Curiosidade

Experts respondem 15 perguntas sobre sexo que você tem vergonha de fazer

Escrito por LoveCenter
Compartilhar

Solteira, namorando ou casada. Independentemente do status de relacionamento, você deve querer respostas para dúvidas sobre sexo que não se sente à vontade para perguntar

Quanto tempo a relação deve durar? É possível ser alérgica ao esperma? O que fazer quando o casal tem libidos diferentes? Experts respondem (Foto: Thinkstock)

8 – Transar muito pode “alargar” a vagina?
“A vagina é como uma bexiga, ela é capaz de expandir e de contrair quando necessário. Fazer muito sexo com penetração não vai alargar as paredes vaginais permanentemente. Fortalecer os músculos internos e que cercam sua vagina, com os chamados Exercícios de Kegel, pode contribuir para aumentar a fricção do pênis durante a penetração”, diz Sari Cooper.

– É realmente possível o casal ter orgasmos ao mesmo tempo?
“Sim. Geralmente é necessário um autocontrole para cada pessoa parar ou começar a construir a excitação ou até acalmar a excitação, se for o caso. Contanto que isso se mantenha prazeroso e divertido, os casais devem buscar a experiência de se soltar juntos. Como as mulheres geralmente demoram um pouco mais para entrar no clima, ela deverá estimular a sua excitação (seja com a ajuda do seu parceiro ou sozinha) e, só depois, deve se preocupar com ele. Por outro lado, cada um deve avisar que está se aproximando do clímax para que consigam se soltar juntos. Se este esforço se tornar muito mecânico ou se um começar a ficar frustrado com o outro, eu recomendaria continuar intercalando o dar e o ter prazer um para o outro. O sexo não deve ser visto como um esporte competitivo”, aconselha Sari Cooper.

10 – Existe um limite para o sexo quando o casal quer engravidar. É possível transar demais?
“A regra geral para otimizar a concepção é transar antes (antes mesmo da ovulação) e com frequência (pelo menos dia sim, dia não). Fazer sexo mais de uma vez por dia pode diminuir a contagem de esperma e, provavelmente, não aumenta chances de engravidar “, afirma Alan Copperman.

11 – Como você detecta que os odores na região da vagina estão fora do normal?
“Se você acha que existe algum cheiro diferente na região da vagina, procure seu ginecologista ou alguma clínica local. Vaginose Bacteriana é uma das causas mais comuns do mau cheiro. Outras causas relacionadas são absorvente interno deixado na vagina (você pode achar engraçado, mas isso acontece com mais frequência do que imagina) e até alguns cânceres podem causar mau odor vaginal. Na dúvida, procure um médico”, diz a Dra. Pixie McKenna.

12 – Ele não faz sexo oral em mim. Como devo agir?
“Quando você sentir que está num relacionamento mais íntimo com seu parceiro, uma boa ideia é conversar, fora do quarto, sobre o que vocês gostam na cama. Você pode começar perguntando quais são as atividades sexuais favoritas dele e torcer para que ele te faça a mesma pergunta. Se a pergunta não acontecer, você pode induzir o assunto fazendo com que ele saiba o quanto gosta de receber sexo oral (além das outras coisas que você curte fazer). A próxima vez que transarem após a conversa, já notará se ele seguiu a dica. Se não seguir, você pode pensar em ter outra conversa na qual perguntará diretamente porque ele não tentou fazer sexo oral. Saiba que a reposta pode ser algo que você não queira ouvir, mas pelo menos terá a informação necessária para decidir o que fazer sobre a relação de vocês. Se o relacionamento estiver no começo, pode optar por partir para outra e começar uma nova história, caso sexo oral seja algo essencial para você. Se este é um problema com um parceiro de longa data ou com o seu marido, você pode tentar perguntar se é possível negociar o assunto e incluir o sexo oral na relação de vocês, já que te dá tanto prazer. Outra opção é pedir para ele ir a um terapeuta sexual para discutir a questão mais profundamente, caso ele se feche ou recuse falar sobre o assunto”, afirma Sari Cooper.

13 – Sexo anal pode ser gostoso mesmo?
“Isso depende de cada um. Para muitas mulheres, sexo anal é uma maneira fantástica de dar uma nova dimensão ao sexo. A chave para que ele seja bem sucedido é a preparação e a lubrificação. O anus não se lubrifica naturalmente, como a vagina, então precisa de muita ajuda neste quesito. Tenha à mão um bom lubrificante anal e não economize. Assim, você minimizará a fricção. Muitas mulheres preparam o anus com algum brinquedo erótico. Plugs anais podem ser usados antes e durante a relação sexual. Eles também são uma ótima opção para ter uma ideia de como é antes de fazer de fato e ainda podem te ajudar a se acostumar com a sensação do estímulo anal. Existem outros produtos no mercado. Cremes que diminuem a sensibilidade fazem muito sucesso, já que deixam a sensação inicial mais confortável. Duchas anais também asseguram que você aproveite a brincadeira anal com mais higiene. Se mesmo assim não for gostoso, pare. Você não deve fazer nada na cama que não esteja curtindo”, defende Annabelle Knight.

14 – O que eu faço quando me sinto ressacada e sem lubrificação?
“O hormônio feminino estrogênio ajuda a deixar as paredes vaginais lubrificadas, então qualquer coisa que afete os níveis deste hormônio pode ressecar a região vaginal. A causa mais comum é a menopausa, em que o ressecamento é um sintoma clássico. A reposição hormonal pode ajudar, mas se você odeia tomar remédio, é possível compensar a perda de estrogênio com uma versão tópica do hormônio, em forma de creme ou gel, aplicado no local. Os níveis hormonais também podem ficar alterados depois da gravidez, durante a amamentação, ou podem ser influenciados pelo seu método contraceptivo. Ressecamento em outras partes do corpo também pode resultar no ressecamento da vagina. Coisas simples, como lavar demais a região ou pouco tempo dedicado às preliminares, também podem atrapalhar.

Alguns remédios ou condições médicas também podem ressecar a vagina. Por isso, quando tentar descobrir a causa, é importante levar em consideração que pode ser algo além. Geralmente, não é necessário nenhum tratamento e mesmo se forem indicados, o resultado pode ser aprimorado com outras medidas. A principal regra é: não lave a vagina em excesso e sempre use um produto com PH balanceado. Evite banhos demorados, fique longe das duchas e de produtos de higiene feminina com perfume. Use algum lubrificante à base de água durante a relação sexual e tente utilizar produtos para hidratação vaginal regularmente. Na prática, pense que sexo é uma maratona, não o tiro final da corrida, então se permita levar um tempo para entrar no clima, o que estimulará a sua lubrificação natural.”, afirma a Dra Pixie McKenna.

15 – O que posso fazer quando a minha libido e a do meu parceiro não batem?
“Isso pode ser frustrante para os dois. O parceiro que quer ter relações sexuais com menos frequências geralmente se sente culpado por não querer mais. Ao mesmo tempo, a pressão que esta pessoa sente com certeza não ajuda a aumentar a atração sexual pelo parceiro. Já quem tem mais libido pode se sentir desvalorizado pois o parceiro tem as chaves para sua vida sexual. Ela pode até ficar irritada ou chateada com a quantidade de vezes que o parceiro não corresponde às iniciativas sexuais, sentindo-se rejeitada ou até abandonada. Sexo, como muitas outros pontos de um relacionamento, tem quer ser discutido de uma maneira aberta e sem julgamentos. Assim, o casal pode achar um meio termo que funcione para a relação a dois”, diz Sari Cooper.

Fonte : Marie Claire

Dica Love Center: https://www.lovecenter.com.br/sexshop-vibrador

Compartilhar

Sobre o autor

LoveCenter

Loja de acessórios adultos, 22 anos de mercado. Visite nossa webstore (www.lovecenter.com.br) ou uma de nossas unidades -
LOJA 1 Av. Presidente Tancredo Neves, 900 Ipiranga - São Paulo - SP CEP: 04287-010 Fone: (11) 2063-9299
LOJA 2 Av. dos Bandeirantes, 4969 Vila Olimpia - São Paulo - SP CEP: 04071-0111 Fone: (11) 2619-0807

Comente

Receba as Novidades

Compre pelo Celular